TIATIRA: A IGREJA QUE TOLERAVA UMA JEZABEL

 

BOLETIM DOMINICAL – 17 DE ABRIL DE 2011

 

TIATIRA: A IGREJA QUE TOLERAVA UMA JEZABEL (Ap. – 2:18-29)

Tiatira, situada uns 65 km a sudoeste de Pérgamo. A cidade é a menor das Sete. Nessa cidade, concentrava os sindicatos o que mostra ser um centro comercial. A crente, Lídia, era moradora dessa cidade. Essa bondosa senhora, providenciou um lar para Paulo e Silas e para a 1ª Congregação cristã em Filipos. Tiatira era pequena, mas tinha a fama de ser FIEL. Esta Igreja recebe do Cristo Ressurreto uma soma de louvores por tantas obras evidenciadas. “Conheço as tuas obras,…” (v. 19). Ao contrário de Éfeso que abandonara o primeiro amor (Ap. 2:4), Tiatira é vista como a Igreja do amor leal, pleno e constante. Esta lista de virtudes certamente impressiona a todos nós e desafia a igreja do presente: (1) boas obras, (2) amor, (3) fé, (4) serviço, (5) perseverança e (6) a qualidade das últimas obras melhores do que as primeiras. Esse é o retrato de uma Igreja que se manteve fiel no decorrer dos anos, tendo provado, pelo crescimento de suas boas obras, sua vitalidade espiritual e desenvolvimento na experiência cristã. A igreja que “cresceu na graça e no conhecimento”. O crescimento natural e correto: sólido, vigoroso e constante. Entretanto, havia uma falha nessa igreja, diz o Cristo glorificado: “Tenho, porém, contra ti o tolerares que essa mulher, Jezabel…”(v.20). Fora-lhe dado o nome da rainha pagã, esposa de Acabe, Rei de Israel (I Re. 21) A antiga Jezabel, padroeira dos profetas de Baal e Aserá, era a personificação da perversidade em pessoa. Jezabel, induzia os israelitas à idolatria e à prática de atos imorais em conexão com o culto dos deuses pagãos. A Jezabel, de Tiatira, uma profetisa, era sem dúvida, membro da seita dos nicolaítas. Essa doutrina era sustentada, assim como a doutrina de Balaão pela igreja em Pérgamo. (Ap.vs.14-15). Tais ensinamentos pervertidos e altamente destruidores são chamados por Cristo de: “as cousas profundas de Satanás” (v.24). São as falsas doutrinas. Doutrinas perniciosas, nocivas e destruidoras à vida cristã e à família. Tão importante ter Cristo como o nosso único salvador, é ter doutrina certa e vida correta. Em nossos dias, não podemos nos iludir quanto às práticas do baixo espiritismo “evangélico” camuflado dentro de certas igrejas, além de práticas recorrentes de doutrinas do sincretismo medieval. Jezabel, era uma mulher proeminente e influente dentro da Igreja. Alguns são de parecer se tratar da esposa de um lider da Igreja. Foi dada a oportunidade do arrependimento, Jezabel, recusara essa oferta da Graça de Deus(v.21). A advertência lhe é dada de punição certa. A cama de prazer torpe tornar-se-á em cama de dor e angústia (v.22). E a maldição alcançará toda a sua prole (v.23). Os fiéis de Tiatira são incentivados a conservar o que têm, “até que eu venha”(v.25). Cristo lembra a Igreja quanto ao galardão da fidelidade que é a participação na autoridade do Cristo Vitorioso. Com tolerância Zero com o pecado, lutemos por Cristo e Sua igreja!

 

 

Rev. Mário Ramos