QUEDA E DEPRAVAÇÃO TOTAL

BOLETIM DOMINICAL- 10 DE MARÇO DE 2013

QUEDA E DEPRAVAÇÃO TOTAL( Rom. 5:12-21

 

“Pois assim como por uma ofensa veio o juízo sobre todos os homens para a condenação, assim tambem por um ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para a justificação que dá vida (Vs. 18).

O Exmº Sr. Ministro do STF, Joaquim Barbosa, num ato de irritação, mandou um Reporter “chafurdar no lixo”. Depois o mesmo desculpou-se. Quando se fala sobre “ Depravação Total”, relacionado a doutrina do pecado universal, como exposto nas Escrituras Sagradas, o entendimento não é o mesmo de “devassidão, depravado, chafurdado, imoral, sujo, etc”. A doutrina é de cunho espiritual. O homem foi criado perfeito, imagem e semelhança de Deus. Foi dotado de razão, inteligência, vontade e emoções. Tinha conhecimento de Deus e de todas as coisas espirituais. Sua vontade e seu coração eram retos diante de Deus, todas as suas emoções, puras e santas; portanto era o homem segundo a Imago Dei – imagem de Deus. Esta imagem criada por Deus, foi corrompida pelo pecado. O ser humano, homem e mulher, rebelou-se contra a vontade de Deus, desobedencendo-lhe a ordem: “De toda a árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque no dia que dela comeres, certamente morrerás”. (Gn.2:16-17). Esta é a voz de Deus. O princípio de autoridade foi proclamado. O homem deu ouvidos à voz da serpente e deixou de ouvir a voz de Deus (Gn.3:4-5). Este fato de rebeldia e desobediência a Deus, é chamado de QUEDA. Em virtude da “queda”, o homem corrompeu-se por inteiro: razão,vontade, intelecto e emoções. Assim, a corrupção passou de Adão a Eva e todos os seus descendentes, excetuando a Cristo somente. Na teologia Reformada calvinista chamamos isso de “Queda e Depravação total”. A Universalidade do Pecado: O homem está morto nos seus delitos e pecados. Todos os homens, sem Cristo, são pecadores irredentos e geram filhos impuros, chamados de filhos da ira e da desobediência, inclinados para o mal, mortos e escravos do pecado (Sl. 51:5; I Co. 7:14). Já os filhos de pais regenerados em Cristo, são chamados de “santos” (ICo.7:14). Deus pela Aliança inclue os seus filhos, portanto, não os exclua. Deus vai responsabilizá-lo por isso. Razão porque devemos consagrar na tenra idade pelo Batismo os nossos filhos. A Imagem Deformada  Pelo Pecado, Restaurada Pela Graça- A transformação é imediata: quem crê em Cristo e o confesse passa da morte para a vida; de condenado para salvo; de perdido para achado; de pecador para santo (II Co. 5:17; Jo.5:24,32). Assim, a imagem criada por Deus, deformada pelo pecado é restaurada pela Graça Eficaz de Cristo.               Rev. Mario Ramos