PROVIDENCIA DIVINA NA CAMINHADA DO POVO DE DEUS

Nº 246 –  BOLETIM DOMINICAL – 14 DE JUNHO DE 2020

PROVIDENCIA DIVINA NA CAMINHADA DO POVO DE DEUS – Fp. 3:4-14

Cornélio Antônio Filipe, 84 anos, Diácono fervoroso, amante da ortodoxia viva, conjugava a teologia  a vida, o Credo  a conduta. Pregador do Evangelho no púlpito e com a vida no testemunho pessoal. Filipe nos deixou. Filipe foi morar no céu na presença de Jesus! Um herói-guerreiro! No caminho da providência, Deus,deu-lhe como esposa Rosemeri o seu “anjo” – “Idalete Calvino”. Todos nós estamos a caminho. Entretanto, é necessário entender que não basta apenas caminhar. É preciso caminhar de maneira correta, na direção correta e sob motivações corretas. Quem não sabe onde vai, não chega a lugar nenhum! ( Fp. 3:12-14). O êxito de qualquer empreendimento depende de pessoas dispostas, que se esforcem no sentido de se concentrar forças para a realização da tarefa proposta. A participação de todos é necessária. Cada um deve responder, participando como pode. Desde o príncípio da História Sagrada, Deus Se vale de pessoas para a realização da Sua obra. Na caminhada do povo de Deus hoje, o Senhor conta com voce tambem. Filipe “combateu o bom combate, terminou a carreira e guardou a sua fé”. A igreja de Jesus Cristo é o povo do caminho; e isto tem vários significados. O caminho é o Próprio Jesus (Jo. 14:6). Neste caminho Jesus é a única “ponte”, o Sumo Pontífice – Único Mediador entre Deus e os homens ( I Tm.2:5) Eis a Providência Deus, no concurso da caminhada histórica do Seu povo: Proveu Deus o Nosso substituto. Jesus fez mediação através de Sua morte na cruz (I Tm. 2:6; Heb. 9:15; 12:24). Se a teologia trabalha com o conceito de providência;  a ciência, labora com a noção de probabilidades. Se as profecias se cumprem; trabalho terá a ciência. Na caminhada do povo de Deus, estão os óbices. Mas a providência divina se manifesta mesmo nas adversidades. A pandemia do coronavírus assusta, modifica comportamento e mata. Mas a ação divina espetacular não falha e nem falta. Se a Vacina contra a Covid-19, européia, está a caminho; a comunidade científica brasileira, mediante a Fiocruz, pôs a mão no arado. Vamos torcer!  O mesmo Deus que acena para as adversidades, na caminhada do Seu povo é o Deus que convalida as profecias e entra em ação pela pragação do Evangelho, mediante Sua igreja. Assim, a providência divina utiliza tudo o que Deus quiser utilizar. Diz o poeta sacro no N.C 305 – Quem Quiser: (2ª E) “É Jesus caminho para ao céu chegar.” Sabemos que a providência não nos impede algum desânimo eventual. João Batista sentiu desanimado, a ponto de duvidar se Jesus era mesmo o Cristo. Jesus não o condenou por isso, pelo contrário, deu-lhe um novo entendimento, consolo e esperança (Lc.7:18-23). A providência divina continua na igreja hoje. Em cada época, a igreja precisa ser o Cap. 28 de Atos, dando continuidade a missão proclamadora do Evangelho de Jesus. Paulo, deixa claro, que não havia “chegado”, mas ainda participava ativamente da corrida da vida (Fp.3:13). O prosseguir é ressultado da providência de Deus. Calvino disse: “Enquanto o  homem se move, Deus o conduz”! Rev. Mario Ramos