PORQUE UM MENINO NOS NASCEU!

Nº 39 – BOLETIM DOMINICAL- 20 DE DEZEMBRO DE 2015

PORQUE UM MENINO NOS NASCEU! – Isaías 9:1-7

O anúncio da chegada de um filho mexe com os adultos. Uma criança altera o ritmo de vida da família. Em se tratando de um príncipe herdeiro, mexe com as estruturas políticas, sociais, econômicas e até religiosas de uma nação. Mas, em se tratando do Messias, do Filho de Deus, abalou os poderes: políticos, religiosos, familiares, sociais e astronômicos da sua época. O natal altera o comportamento das pessoas. Torna-nos mais sensíveis. Qual foi o repercute do Natal de Jesus? 1) O Natal de Jesus mexeu com as estruturas cósmicas e espirituais da época – Apareceram anjos, falaram e cantarm. Em Nazaré, à jovem Virgem Maria, o anjo fez um anúncio desconcertante: “Eis que conceberás e darás à luz a um filho e lhe chamarás, Jesus”.  Ele é o Salvador; é Emanuel – Deus conosco; é o Cristo – o Messias. Ele é a Luz do Mundo, o caminho, a verdade e a vida. Ele é a nossa paz. Aos pastores, nos campos de Belém, falram e cantaram: “Não temais, eis vos trago Boas Novas, o Evangelho”. “Glória a Deus nas alturas e paz na terra, entre os homens”. Voce já parou para obeservar o “espírito natalino”? 2) O Natal de Cristo abalou as estruturas políticas do seu tempo – Herodes ficou tão perturbado que disse e fez absurdos: afirmou que queria “adorar” o menino Jesus, ainda que mentindo, coisa própria da classe – kkk. Mas, ele o reconheceu como Deus e Rei. Mas, o governador, queria mesmo era eliminá-lo. Por isso, cometeu vários infaticídios; 3) O natal de Jesus abalou as estruturas religiosas do seu tempo – Herodes convocou os escribas e os sacerdotes do seu tempo para inquirir deles, com precisão, “onde o Cristo deveria nascer?” Pergaminhos foram consultados, pesquisas foram feitas e a resposta veio: “Em Belém, da Judéia, segundo as profecias”. O próprio Deus veio habitar conosco. Tornou-se Emanuel. O judaismo vê nascer o cristianismo. As Escrituras, até então, só o Antigo testamento, passam, agora, a incluir também o Novo testamento.  Os crentes nascidos de novo, passam a ser guiados pelo Espírito Santo e pela Palavra. A Igreja entra “no ínterim”, o período de tempo compreendido entre a ascenção de Cristo e a sua 2ª Volta. Eis aqui o seu governo. Neste Natal, dê graças!