PELA GRAÇA SOIS SALVOS

Nº 167 –  PASTORAL – 30 DE SETEMBRO DE 2018

“ PELA GRAÇA SOIS SALVOS…” – Efésios 2: 1-9

O nosso Deus é o “Deus de toda graça” (I Pe. 5:10). Bem-aventurados são todos aqueles que vivem como súditos da Graça de Deus. A exposição da doutrina da Graça de Deus, foi resgatada na Reforma do Séc. XVI, como devia ser enfática, num ambiente em que a busca dessa graça se tinha tornado numa comercialização ridícula e profana! Lutero, Calvino e outros reformadores procuraram dar ênfase a esta verdade da livre Graça de Deus. Hoje, não é diferente, no entendimento do real significado da Graça salvadora. Existe no meio cristão uma confusão perigosa sobre o que seja a Graça Exclusiva da doutrina da “Graça Comum.” Essa deriva o seu nome dos atos de bondade da parte de Deus para com todos os homens sem exceção. Esta Pastoral, chama atenção e conduz a reflexão para dentro da perspectiva da esclusividade da Graça de Deus – a Exclusiva; e, não a graça Comum, da bondade e misericordia de Deus para com todos os homens indistintamente. Cremos e ensinamos esta graça comum.Todavia é a Graça Exclusiva ligada ao Pácto. Desta forma podemos dizer que a Graça de Deus é exclusiva para com os pecadores eleitos. Falando sobre a Graça de Deus, A. W. Pink, disse: “Esta perfeição do caráter divino só é exercida em favor dos eleitos”. A questão é: Como Obter a Graça de Cristo? Jesus Cristo é a personificação da graça; Ele encarna a graça e a verdade (Jo. 1: 17; 14:6). Ele é a causa, o conteúdo e a manifestação da Graça de Deus; falar de Cristo é falar da Graça. A Graça é tão eterna quanto Deus. A Graça de Deus é um favor imerecido menifestado livremente por Deus aos pecadores que se encontram num estado de depravação e miséria, merecendo o justo castigo pelo seus pecados ( Rm. 4: 4; 11:6 e Ef. 2:8-9). O Evangelho é a Graça verbalizada. É através do Evangelho que Deus transmite a Sua Palavra de Graça (At.14:3; 20:24). O Evangelho é o ddivulgador da graça. A graça nos é ensinada pelo Evangelho (Col. 1:4-6). Por isso, pregar o Evangelho é um “favor” de Deus (Ef. 3:8). A fé em Jesus Cristo é uma graça salvadora, pela qual o recebermos e confiarmos só nEle para a salvação, como Ele nos é oferecido no Evangelho.

 

Rev. Mario Ramos