PARA QUE SERVE A IGREJA?

Nº 157 –  PASTORAL – 22 DE JULHO DE 2018

PARA QUE SERVE A IGREJA? – Mt. 5:13-14

Nesses últimos anos, mais que nunca, somos vítimas do descalabro da política, da economia, da educação, da cultura, da moral, da ética e da religião. Até mesmo, a igreja brasileira está doente, em raras exceções. Somos hoje, em tese, uma sociedade doente. Uma sociedade marcada pela idiossincrasia e seus estereótipos. É neste contexto que se pergunta: Para que serve a Igreja? Talvez, a melhor responta, estaria numa outra pergunta: Como seria a vida sem a Igreja? Voce já imaginou como seria a sua vida e até mesmo o mundo sem a Igreja? O texto acima, diz: “Voces são o sal para a humanidade… e voces são a luz para o mundo…”. Devemos obersar que tal declaração está no contexto das Bem-aventuranças, propostas pelo Rei e Senhor Jesus Cristo, no Sermão do Monte. Somos vítimas de um mundo secularizado, o qual nos absorve, o tempo todo, com afazeres por sobrevivência. A necessidade de continuar a existir é cruel. A Igreja acaba por se tornar praticamente, para muitos, como um ponto de encontro para o cultivo social. Porém, apenas isto, torna o ministério e seus membros míopes da real função da Igreja. Diz a nossa C.F. W, Cap. 25, § 3º,  “ A esta Igreja católica visível Cristo deu o ministério, os oráculos e as ordenanças de Deus para o congregamento e aperfeiçoamento dos santos nessa vida, até o fim do mundo, e pela sua própria presença e pelo seu Espírito, os torna eficazes para esse fim, segundo a sua promessa”. (Rm. 11:3-4; At. 2:41-42 e 2 Co.5:6-7). Temos na Igreja como um organismo vivo: 1) Ministério: de origem latina, corresponde a “diaconia” na palavra grega. Se a Igreja tem ministérios, o crente tem dons. Portanto, ministério não equivale ao Pastor que a Igreja tem e sim, ao serviço que igreja precisa realizar; 2) Oráculos – Não está em questão aqui advinhação e sim, a pregação ou a proclamação da igreja, com vista ao aperfeiçoamento dos crente e anúncio do Evangelho aos demais pecadores. Essa responsabilidade é muito séria. O fato é que existe a Palavra de Deus; 3) Ordenanças – Neste particular apenas a Igreja, recebeu do Senhor Jesus, os Sacramentos, para ser ministrados e vivenciados em sua memória, para o fortalecimento dos fiéis. Rev. Mario

 

Rev. Mario