OS OFICIAIS DA IGREJA

Nº 015 – BOLETIM DOMINICAL- 17 DE MAIO DE 2015

OS OFICIAIS DA IGREJA – Tito 1:5-9; Atos 6: 1-7

Realizaremos no Domingo 31/05, às 19hs, a Assembléia Extraordinária, para a eleição de Oficiais. Estamos oportunizando a Igreja à reflexão quanto aos seus oficiais. Referimo-nos a todos os oficiais eleitos e ordenados, segundo o N. Testamento: Pastores, ou Presbíteros Docentes, Presbíteros Regentes e Diáconos. Como devem ser os oficiais da Igreja? Como devem agir no lar, na igreja e na sociedade? Quais são as suas qualificações? Temos nós como igreja, honrado os nossos oficiais? Oramos por eles? Temos sempre uma palavra de estímulo? Quem são os Presbíteros e os Diáconos? A recomendação de Paulo é que se constituísse Presbíteros em cada cidade. A Igreja Presbiteriana é igreja de presbíteros e de Presbitérios, daí a origem do seu nome. É absolutamente neotestamentária quanto a seus oficiais: Pastores, Presbíteros e Diáconos. Tem seu corpo doutrinário derivado da Bíblia somente. Nossas doutrinas são bíblicas e presbiterianas. A eleição desses oficiais é para nós uma questão de doutrina e nunca de política. Como devem viver estes oficiais: 1 – A VIDA FAMILIAR DOS OFICIAIS: Devem ser exemplar. Tudo fazer para que seus filhos estejam na igreja. É verdade que o oficial deve ser marido de uma só mulher. Que seus filhos devem ser ordeiros e disciplinados, como deve ser os demais na igreja. O ônus que pesa sobre os oficiais é o da liderança. Os líderes devem dar exemplo (I Tm.3: 1-16); 2 – AS QUALIDADES DOS OFICIAIS – Entre as “qualidades” e “defeitos”, sem dúvidas espera-se sempre pelas qualidades. Há falhas a serem superadas, especialmente com as orações dos crentes. Os oficiais devem ser irrepreensíveis como bons despenseiros de Deus; 3- O QUE OS OFICIAIS NÃO DEVEM SER – Arrogantes ou soberbos; não devem ser irascível – que se irrita facilmente; não seja dado ao vinho; não violento; não ganancioso; e 4- O QUE OS OFICIAIS DEVEM SER – Hospitaleiros; amigos do bem; sóbrios; piedosos; e que tenham domínio próprio; e que sejam apegados à Palavra. Não há oficiais perfeitos. Devemos sustentá-los em oração e estar preparados. Pois Deus pode chamar a alguns de nós para o ministério específico. Que Deus nos capacite em Sua igreja. Venha participar sua presença é importante. Ore e vote!    Rev. Mario