OS BOLAINES, O DEUS QUE INTERVEM!

BOLETIM DOMINICAL – 29 DE JULHO DE 2012

OS BOLAINES, O DEUS QUE INTERVEM!  Ez. 47:1-12

Quantas vezes esta pergunta vem ao nosso encontro: “O teu Deus, onde está”? (Sl. 42:3,10). Contudo, o  salmista reafirma a sua Confissão de Fé nos vs. 8-11, quando revela amor leal, confiança e segurança no seu Deus. Nós cremos num Deus Soberano. No Deus Vivo e Verdadeiro revelado em Jesus Cristo. O Criador  dos Céus e da terra. Cremos num Deus-Provedor! Reza a nossa C.F.W – Cap.V.I : “Pela sua muito sábia  providência, segundo a sua infalivel presciência e o livre e imutável conselho da sua própria vontade, Deus, o grande Criador de todas as coisas, para o louvor da glória da sua sabedoria, poder, justiça, bondade e misericórdia, sustenta, dirige, dispõe e governa todas as suas criaturas, todas as ações e todas as cousas, desde a maior até a menor”. Razão por que cremos nos fatos históricos divinos: O juízo sobre Sodoma e Gomorra com fogo e enxofre; a passagem de Israel no Mar Vermelho a pés enchutos; a direção desse povo no deserto sob nuvens e coluna de fogo; provimento de água que jorrava da pedra; do alimento que caia do céu; a ressurreição de Lazaro,  isso para citarmos apenas alguns. Portanto, “Tema ao SENHOR toda a terra, temam-no todos os habitantes do mundo. Pois ele falou, e tudo se fez; ele ordenou e tudo passou a existir” (Sl. 33:8-9). E, os Bolaines do Mar Morto, será mais um ato prodivencial na história em cumprimento a profecia de Ezequiel (47:1-12)? O texto vaticina Uma Nova Terra Santa-  O rio que dará vida a terra. “ Por onde o rio passar, tudo vai transformar…pois ele leva a vida do próprio Deus…assim canta o Grupo de Louvor. Há milhares de anos, surgiu no sul de Israel uma depressão enorme, de 80 km de comprimento por 18 km de largura, com uma profundidade  que desce aos abismos da Terra. Como naquele lugar ficavam as antigas cidades de Sodoma e Gomorra, e mais três cidades, teria sido tal depressão causada pelo fogo e enxofre que desceram do céu, fato confirmado até por Jesus! A verdade é que antes, campinas verdejantes da região transformaram-se em um paisagem estéril, sem vida, e com uma altíssima concentracão de sal, como nunca se viu em qualquer outro lugar do mundo! Naquelas águas salgadas, nem mesmo a mais resistente bactéria consegue sobreviver. Qualquer peixe eventualmente  transportado pelas correntezas do Rio Jordão morre assim que desagua neste lago de morte. Nos últimos 50 anos, o Mar Morto perdeu um terço das suas águas e, a cada ano, encolhe um metro. Ou seja: literalmente, o Mar Morto está morrendo! Porém, de alguns anos para cá, de maneira inexplicável, BURACOS MISTERIOSOS, com cerca de 30 metros de diâmetro por 7 de profundidade, começaram a surgir nas praias salgadas do Mar Morto e, de dentro deles, surpreendentemente, ÁGUAS DOCES PASSARAM A TRANSBORDAR!  CONSERVAM-SE DOCES E SAUDÁVEIS! Os “bolaines” – porque assim estão sendo chamados  multiplicaram-se. Hoje há centenas e centenas deles! É Deus intervindo na história!      Rev. Mario Ramos