O TEU DEUS, ONDE ESTÁ?

Nº 006 – BOLETIM DOMINICAL- 15 DE MARÇO DE 2015

O TEU DEUS, ONDE ESTÁ?  Ef. 1: 15-23

A Europa sem Deus! A debandada de fièis esvazia as Igrejas e expõe desencanto religioso dos europeus. Estamos há 02 anos de completarmos 500 anos daquele que foi o maior avivamento espiritual, bíblico e teológico de nossa história contemporânea, ou seja, a Reforma Religiosa do Séc. VXI, na Europa. Durante os últimos dez séculos, um fluxo caudaloso de peregrinos manteve agitadas as grandes catedrais da Europa Ocidental. É irônico que no momento em que o cristianismo celebra seu segundo milênio o coração da civilização cristã esteja passando por um momento bem diferente: a ausência de fiéis nos cultos, sejam católicos ou protestantes. Basta entrar numa catedral para perceber que há mais turistas fascinados pela arquitetura do que com fervor religioso. Isto nos remete a Igreja de Éfeso, quando a mesma é censurada por “ter abandonado o seu primeiro amor” (Ap.2:4). O verbo “abandonar” indica uma ação consciente, não acidental. Mais de 30 anos antes esta Igreja fora elogiada por seu grande amor (Ef. 1:15-16). Vemos na Bíblia, que quando tal coisa acontece com o crente, o esfriamento, a consequencia é inevivitavel, porque o pecado é uma realidade. “Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te, e volta à prática das primeiras obras; e se não, venho a ti e moverei do seu lugar o teu candeeiro, caso não te arrependas.” (Ef. 12:5). Numa síntase bem apertada, explica-se o fato, a partir do liberalismo teológico na europa, e do outro lado, o secularismo como sendo a praia do capitalismo. É preciso considerar tambem que esta fé em outros plagas, revela experiência cristã. Nos Etados Unidos, África, Ásia e nosso continente sul  americano, Deus tem a primazia na vida das Igreja. Precisamos é verdade de uma nova Reforma Religiosa, você diria isso tambem. Paulo, neste texto, diz-nos sobre a fama da fé desses irmãos efesianos (v.15). O Apóstolo por estes orava sem cessar (v.16). E o motivo eram três: os crentes receberiam, sabedoria, revelação e pleno conhecimento (v.17). Para que os olhos do coração fossem iluminados (v.18). O nosso Deus é tão Soberano, que promete a ressurreição em Cristo e até mesmo a glória eterna. “ Lugares Celestiais” (vs19-23). Que o Cristo Ressurreto reine sempre em nossos corações! Rev. Mario Ramos