O EVANGELHO DA MALDIÇÃO

BOLETIM DOMINICAL – 22 DE JULHO DE 2012

O EVANGELHO DA MALDIÇÃO – Gal. 1: 1-10

Estamos nos pemitindo na oportunidade à reflexão sobre a conhecida, divulgada e praticada “Quebra de Maldição”. Trata-se de uma perniciosa heresia. Heresia é um ensino no contra-senso daquilo que aprendemos na Bíblia. Uma das distorções doutrinárias mais difundidas entre o povo de Deus ultimamente é o ensino das “maldições hereditárias”, conhecido também como “maldição de família ou “pecado de geração”. Estes conceitos circulam bastante através da televisão, rádio, literaturas e seminários nas igrejas. Muitos líderes, ministérios e igrejas, antes sólidos e confiáveis, acabaram sucumbindo a mais esse ensino controvertido e importado dos Estados Unidos. Os pregadores da maldição afirmam que se alguém tem algum problema relacionado com drogas, pornografia, de­pressão, adultério, nervosismo, divórcio, diabete, câncer e muitos outros, é porque algum antepassado viveu aquela situação ou praticou aquele pecado e transmitiu tal pecado ou maldição a um descendente. A pessoa deve então orar a Deus a fim de que lhe seja revelado qual é a geração no passado que o está afetando. Uma vez que se saiba qual, pede-se perdão por aquele antepassado ou pela geração revelada e o problema estará resolvido, isto é, estará desfeita a maldição. Isto seria uma “quebra de maldição”. Marilyn Hickey, norte-americana e que já esteve várias vezes no Brasil em conferências da Adhonep (Associação de Homens de Negócios do Evangelho Pleno), promove constantemente este ensino. Esta “profetiza” da maldição hereditária, é patrocinada pelos novidadeiros de plantão cuja finalidade é a de confundir e depois enlaçar os desavisados do conhecimento da Palavra de Deus. Um dos textos bíblicos mais usados é Êxodo 20:4-6, aonde, o texto se refere a idolatria, no contraponto, da adoração exclusiva a Javé. Este ensino herético, cai por terra, quando lemos as seguintes passagens: Nm. 23:7,8 e 23; “Pois contra Jacó não vale encantamento, nem adivinhação contra Israel”. A Bíblia ensina por todo o canto, de Gênesis a Apocalípse que a questão pecado é de caracter pessoal. Portanto, a responsabilidade é individual (Ez. 18:1-4; Gl. 6:7; Jo. 9:2-3). A heresia, revela ainda outra ignorância: Doenças Genéticas versus “Maldição Hereditárias” é o caso em que na família todos usam óculos de graus. Um outro erro absurdo e que configura até blasfêmia é afirmar que um cristão pode estar possesso por demônios Leia (I Cor. 6:19,20; Rm 8:9; Ef.2:2; 2 Cor. 6:15; Tg.4:7; I Jo.3:8-9 e Mc. 16: 16:9-20). Mas a heresia torna-se  mais perigosa quando substitui a Conversão como solução, pela quebra da maldição.

“E assim quem está em Cristo, é nova criatura…2ª Cor.5:17” Rev. Mario Ramos