NINGUÉM JAMAIS VIU A DEUS!

Nº 85  BOLETIM DOMINICAL- 05 DE FEVEREIRO DE  2016

NINGUÉM JAMAIS VIU A DEUS! João 1: 1,14 e 18; Jo. 12:45

Temos a oportunidade neste início de ano eclesiástico, bem como do ano letivo, mergulharmos em reflexões fundamentais sobre a nossa vida como um todo. Aspéctos relevantes do dia a dia precisam ser depurados, em especial no tocante a nossa fé.  A nossa civilização vem de experiências em que no passado o mundo girava em torno do sol e da religião. Toda a sociedade medieval viveu sob os auspícios da religião e até do direito canônico. Entramos na modernidade e apesar da tecnologia e do cientificismo a religião cresce cada vez mais e o cristianismo modal se estabelece mesmo difuso. Nossa sociedade convive ainda assim, com toda sorte de ódio, violência e intolerância na relação seja pessoal ou interpessoal. O Estado se adianta e cria leis como a Xenofobia etc. Devemos diante dos fatos, nos perguntar por que o ocidente em que o cristianismo tem a sua primazia e no Oriente a crença mulçumana predomina, são protoganistas de um mundo tão violento e desumano?  Um mundo  marcado por tragédias e desesperanças? Um mundo em que a “FÉ” se nivela na esteira do materialismo, do capitalismo e do racionalismo cristão e científicio? Será que a verdade que liberta está no próprio homem? Para onde a “Fé e a Razão” estão levando este presente Século? Até onde a nossa civilzação tem convicção do seu destino traçado por esta Nova Ordem? O Apóstolo João diz e contradiz ao mesmo tempo sobre a Legítima e Verdadeira Fé em Deus. “Ninguém jamais viu a Deus…! (Jo. 1:18). Diz o autor e poeta Sacro, nem mesmo Adão, antes de pecar! O Apóstolo João declara-nos que Jesus veio ao mundo para nos mostrar (revelar – fazer conhecido pessoalmente a Deus). Sendo Jesus o próprio Deus! (Jo. 1:1-3, 14 e 18). Os termos “ oumosia (Substância) e Mônada (Substância) é usado para esclarecer que o Senhor Jesus Cristo, o Filho de Deus, o Ungido, o Messias, o Redentor, é da mesma substância do Pai. Portanto, apenas e tão somente em Jesus Cristo, o Redentor e Salvador do eleitos (as), nos leva ao verdadeiro conhecimento de Deus. Somente,  em Jesus, é possível receber e vivenciar a verdadeira Fé. “Quem vê a mim vê o Pai!”       Rev. Mario