LAODICÉIA: A IGREJA QUE DEIXOU CRISTO DO LADO DE FORA

BOLETIM DOMINICAL – 08 DE MAIO DE 2011

LAODICÉIA: A IGREJA QUE DEIXOU CRISTO DO LADO DE FORA – Ap. 3:14-22

 

Laodicéia, era uma cidade, sobre o rio Lico, famosa por seus amplos muros e edificada sobre sete montes. Estava a 145 Km a leste de Éfeso, sob o governo romano, a cidade se tornara rica. O deus da cidade era frígio. Em conexão com esse templo desenvolveu-se a escola de medicina. A cidade foi destruída por um terremoto no ano 62 d.C., e reconstruída por seu próprio esforço sem precisar do Estado. Disso os laodicenses muito se orgulhavam. Havia a autosuficiência, extrema segurança na riqueza e a indiferença na dependência de Cristo. Diz o Ressurreto,” o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação” (V.14): “ Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente. “Quem dera fosses frio ou quente!” (v. 15). Suas riquezas e seu poder, resultado da excelência de suas lãs, tiveram um resultado de profunda apatia espiritual na igreja. A Laodicéia, Cristo afirma: “ És infeliz, miserável, pobre, cego e nu”. A indiferença da igreja em Laodicéia era pior que as hostilidades abertas contra o Evangelho, e provocava repulsa em Cristo: “Estou a ponto de vomitar-te..” (v.17). A DISCIPLINA DO AMOR: “ACONSELHO-TE…” (V.18) “…que de mim compres ouro refinado, …vestiduras brancas,…colírio.”. Eis as três maiores fontes de riqueza da cidade – seus bancos, a produção de lã e os remédios. Laodicéia, era um centro farmacêutico, incluindo uma substância a pó que misturada com água era aplicada aos olhos. A classe média alta da cidade gozava de segurança, saúde e conforto, de tal maneira que de nada sentia falta nem mesmo da dependência de Cristo. Mas quem ama corrige, repreende, e aplica a disciplina curativa – só que com amor visando o bem da pessoa. Desta forma que Deus age também como o Pai amoroso em relação ao seu filho (v.19). CRISTO DO LADO DE FORA: “Eis que estou à porta, e bato; ..”(v.20). Se Filadelfia era a igreja de porta aberta, Laodicéia a da porta fechada. Há ainda a porta do Céu (Ap.4:1) Onde o Ressurreto que te mostrar as COISAS QUE ACONTECERÃO DEPOIS DESTAS – Laodicéia precisava abrir a porta. E você, qual será a sua atitude com relação à porta do seu coração para Cristo? E a porta da igreja que deixa Cristo do lado de fora? AO VENCEDOR…” (v.21)Vai reinar com Cristo.

 

Rev. Mário Ramos