JESUS NA FONTE DE JACÓ

Nº 268 – BOLETIM DOMINICAL- 06 DE ABRIL DE 2014

JESUS NA FONTE DE JACÓ – João 4: 1-18

Na luta diária pela vida em que fonte você tem buscado a solução? A maioria absoluta das pessoas tem recorrido fontes secundárias e deixando por final, em segundo plano, a Fonte de Vida Plena, Jesus. Neste texto, Jesus e seus discípulos estavam empreendendo uma viagem da Judéia para a Galiléia. O caminho mais curto entre as duas províncias passava por Samaria. Jesus escolheu este caminho. Quando chegara à Samaria, na região de Sicar, encontraram ali a Fonte de Jacó. Era um poço fundo, cavado por Jacó, com cerca de 30 metros de profundidade, e qarantia o fornecimento de água mesmo durante os longos períodos de estiagem.Era meio dia, sol a pino. Jesus estava cansado da viagem, com fome, e com sede. Ele era humano também. Seus discípulos foram comprar comida; Ele ficou junto ao poço. “Nisto veio a mulher Samaritana tirar àgua” (v.7). Jesus começou o diálogo com a mulher fazendo-lhe um pedido: (Que maneira sábia de fazer uma abordagem). O pedido foi a água. Mas, a mulher estranhou, em face ao preconceito existente, um Judeu falar com um samaritano (v.9). Mas, Jesus provocou a curiosidade da mulher. “Se conheceres o dom de Deus e quem é o que te pede”,…tu pedirias e Ele te daria a água. A mulher mais curiosa ficou. Aguçada a curiosidade, Jesus provocou o seu interesse (v. 13). Jesus fala na sequencia de outra água (v.14). A mulher desejou a água, e pediu (v.15). A partir daí, Jesus tocou na área escura da alma da samaritana. Havia um problema de ordem  moral que precisava ser confessado e corrigido (vs 16-18). Apliquemos isto também em nossa vida. Jesus não rejeita ninguém com os seus problemas, por mais cabeludos que sejam. Naqueles dias, um Mestre Judeu, jamais passaria pelo território samaritano, muito mais ter conversado com uma mulher estranha. Temos que Jesus é o exemplo perfeito para nós. Ele não exige de seus discípulos nada que Ele mesmo não tenha feito primeiro. Deus não exclui nem lugares e nem pessoas. Todos são salvos pela sua graça. Temos uma missão dada pelo Senhor mesmo: a de anunciar o Evangelho em “Jerusalém, Judéia, Samaria e até os confins da terra” (Atos 1:8). Temos feito isso? Temos nossa consciência em paz diante do Senhor?                   Rev. Mario Ramos