JESUS É UNGIDO EM BETÂNIA

Nº 295 – BOLETIM DOMINICAL- 19 DE OUTUBRO DE 2014

JESUS É UNGIDO EM BETÂNIA – João 12: 1-11

Estamos diante de um tocante episódio na vida familiar e social de Jesus. Faltavam seis dias para à Páscoa. Jesus estava em Betânia, três kilômetros apenas de Jerusalém. Um dos amigos de Jesus, daquele lugar, ofereceu-lhe uma ceia. O Mestre está com os seus discípulos e entre os seus amigos mais íntimo, Làzaro estar com Ele à mesa. E Maria quebrando os gestos rotineiros daquele momento, aproxima-se  com vaso contendo precioso bálsamo de nardo e o derrama sobre os pés de Jesus. Judas, Escariotes, reagiu contra. Era um desperdício! Mas Jesus recebeu a oferta de amor de Maria. Com este gesto, de ungir com o bálsamo, Jesus se sentiu honrado. Quem quiser fazer uma lista de mulheres mais famosas do mundo, tem de incluir, Maria, irmã de Lázaro (Mar. 14:9). Maria ofereceu algo precioso a Jesus. Ela pagou um preço muito alto por aquele perfume. Judas Escariotes o avaliou em 300 denários. Salário de um ano de um trabalhor. Mas o desejo de honrar a Jesus foi bem maior. Com o gesto de honrar a Jesus, toda casa encheu de boa fragrância e todos foram beneficiados. Mais para que isto acontecesse algo tão estimado e caro foi quebrado e derrmado aos pés de Jesus. Uma vida egoísta e fechada em si mesma, não pode honrar ao Senhor nem perfumar a casa de Deus. Jesus é o nosso maior exemplo de uma vida solidária. Jesus diante de uma multidão faminta, multiplicou pães e peixes e a todos os fartou. Aliás, o Senhor Jesus pgnou por este socialismo cristão, dizendo: “ daí de vós mesmos”. No ministério de Jesus o Evangelho tisna o homem integral – corpo e alma. A Igreja do Senhor Jesus, tem este testemunho a dar: Clama por justiça social e participa efetivamente com a ação social. Devemos orar a Deus e apoiar as politicas socias de inclusão em nosso país. Uma gestão paltada a favor dos mais pobres vai sempre na direção das reformas sociais, morais e espirituais, amplamente exigida pelos profetas no Antigo Testamento. A Igreja Primitiva teve este zelo quando propôs o socialismo cristão, “Todos vendiam as suas propriedades e os valores eram depositados aos pés dos apóstolos” e “assim distribuia a todos quantos tivessem necessidades”. No sermão do monte, Jesus se colocou ao lado das pessoas mais humildes. A crítica de Judas ainda se ouve entre os cristãos quando o assunto é a compaixão aos pobres. Vamos fazer o melhor para Jesus. Dando de nós mesmos.   Rev. Mario