IGREJA E O ACONCHEGO SEM IGUAL

BOLETIM DOMINICAL – 15 DE ABRIL DE 2012

IGREJA E O ACONCHEGO SEM IGUAL – Salmos 122: 1-9

Olá, queridos irmãos e amigos! Seja você criança, jovem e adulto. Não importa! Você é super importante para mim, Igreja Presbiteriana Kadosh. Que bom que você veio! Então, entre e se sinta em casa! Bem-vindos! Que tal a minha nova imagem? Não será dificil você me reparar e encontrar em mim algo diferente, não é mesmo? Estou tentando melhorar e dá uma renovada no panorama. Estou certo de que, a minha aparência, no momento, não é das melhores. Por enquanto… mas fazer o quê? Você que veio me visitar no dia de hoje, eu te peço, quebra essa, e me dê um desconto! É que você me pegou no meio do processo de boa afeição. Você sabe que para qualquer igreja como eu ficar bonita, cheirosa e agradável, o processo é lento mesmo. É como se diz: “É obra de igreja!” Ainda bem que você compreende. Certamente, você tambem já passou por esta experiência. Deixa-me falar um pouquinho sobre mim, nesses últimos meses. Eu padeci de muitas reclamações. Eu ouvi murmuros pelos cantos sobre as goteras que caiam com a chuva. E quando não era a chuva, os lamentos ficavam por conta do intenso calor, em razão de ser eu muito baixinha, apenas com 3 metros de pé direito. E quem de mim mas reclamava com calor, era um outro baixinho, o Rev. Mário. Então, eu resolvi depois de 19 anos, oferecer um melhor, seguro e agradavel aconchego a galera! Coitados, até que eles merecem, realmente! Razão porque hoje você me ver mais alta com 6m de pé direito. Estou opulenta! Quero ficar vaidosa! Desejo ficar bem adornada! Afinal, eu sou a noiva de Cristo! Estou com as paredes de fora e por isso o visual não é bom. Mas, na semana que vem receberei as vestes do reboco. É percebivel que as minhas janelas são palhoças para espantalhos. Mas, no final deste mês, receberei vidros verdes temperados, por onde entrarão a luz do dia e a do sol, que me aquecerão por dentro. É claro, que a galera se sentirá feliz num ambiente aconchegante! A minha cobertura agora é de estrutura metálica. Tô podendo, você não acha? São treliças, perfis, parafusos cromados e telhas de 6mm. Se você olha para os meus fundos, agora, não achará graça. Porém, no fim deste mês, receberei um forro novinho em PVC branco, como vestes replandescentes e talares em sancas de gesso iluminado com um cordão de luzes coloridas de cores azuis. Há, se você pensa que as vestes do reboco que me cobrirá a parede ficará crua se enganou meu bem! Eu vou me emperiquetá todinha de verde por fora e de branco por dentro.Você verá no proximo almoço comigo no dia 17 de Junho, que eu mudei de verdade para bem e para melhor. É provavel que você sequer me reconhecerá. Mas, serei eu mesma! Rev. Mário