GRAÇA COMUM OU EXCLUSIVA DE DEUS!

Nº 118  BOLETIM DOMINICAL- 24 DE SETEMBRO DE 2017

GRAÇA COMUM OU EXCLUSIVA DE DEUS! – Atos 16:1-15

Temos visto mensagens circulando pelas redes sociais e por meios de comunicação de massa, na tentativa de explicar o que seja a Graça de Deus. Vemos com tristeza, o grande equívoco quanto ao que se afirma ser a Graça de Deus. A enorme listagem apresentada não leva em consideração do que seja a Graça Exclusiva “HESEDH“, da Graça Comum “HÊN”, ambas no A. Testº. Enquanto que no N. Testº, a palavra “CHÁRIS“ no grego, ocorre 151 vezes, jamais citada pelo Senhor Jesus, é a correspondente  de “HÊN”. Vamos deixar claro que a Graça Irresistível de Deus é exclusiva para com os pecadores eleitos. A “HESEDH” de Deus não é barata.  Jesus Cristo é a personificação da graça. Ele encarna a graça e a verdade (Jo.1:17; 14:6). Ele é a causa, o conteúdo e a manifestação da Graça Exclusiva de Deus. Falar de Cristo é falar da Graça. Deus não age movido por um sentimento incontrolável e incoerente: antes, Deus encontra um justo caminho vivo para estabelecer uma relação sólida com o homem pecador. O fundamento desta nova relação é o próprio Cristo. Vale dizer que  a “Hesedh” de Deus, a Graça Irresistível, é a que está ligada a idéia de Pácto e não “Hên”, Graça Comum. É esta Graça Exclusiva, que Deus abre o nosso coração, fazendo-nos ver a necessidade de salvação. É esta graça que promove a paz em nosso coração através da reconciliação com Deus (Rm.5:1;2 Cor.5:18-21). É sobre esta graça salvadora, irresistível, vivificadora, maravilhosa graça que devemos valorizar e anunciar ao mundo. Enquanto a Graça Comum, “Hên”, deriva o seu nome dos atos de bondade da parte de Deus para com todos os homens sem exceção. Eis a real diferença! Reza os (Cânones de Dort, pg 34): “O homem, criado por Deus, antes da queda, refletia a imagem e semelhança de Deus de forma perfeita e completa. Sua vontade e seu coração eram retos, todos os seus afetos, puros; portanto, era o homem completamente santo.” Porém, esta imagem foi deformada pelo pecado – em termos de depravação total, o homem está morto, incapacitado para querer o bem. Conhecendo o bem e o mal; mas inclinado somente para o mal. Embora Lídia, da cidade de Tiatira, fosse as reuniões, escutava a Palavra de Deus, era temente a Deus; mas, foi o Senhor quem lhe abriu o coração para atender às coisas que Paulo dizia. Exemplo claro da ação da Graça Exclusiva de Deus da graça comum.      Rev. Mario