AVIVAMENTO E PLENITUDE DO ESPÍRITO SANTO

Nº 142 –  PASTORAL – 08 DE ABRIL DE 2018.

AVIVAMENTO E PLENITUDE DO ESPÍRITO SANTO – Atos 4:23-35

É impossível falarmos deste tema sem olharmos para a linda história de nossos antepassados Puritanos-calvinistas na Inglaterra como G. Whitefield, R. Baxter e tantos…são um exemplo de equilíbrio na vida cristã: Piedade e Ortodoxia. Podemos falar ainda do maior evangelista depois do Apóstolo Paulo, que foi D. Moody. Eles simbolizam o verdadeiro avivamento e plenitude do Espírito Santo – o poder do Evangelho na prática. Avivamento é obra do Espírito Santo. Não se trata de femenologia e sim, do empirismo e pragmatismo cristão. Avivamento é volta aos princípios bíblicos na vida diária. A Bíblia é para ser lida, crida e vivida. A vida toda é espiritual, não pode haver dicotomia entre o que se vive na igreja e como igreja, e aquilo que se vive secularmente. O Evangellho que nos alcançou, importa-nos, na encarnação do Cristo vivo em nós e em ação. Assim como na antiga Aliança, a Legislação Mosaica – o Código de Moisés ( Pentatêuco), foi imperativo na ação do homem temente a Deus dentro da sociedade judaica em todos os níveis – do religioso ao secular. Trata-se de viver uma vida coerente com a Palavra de Deus, e com a fé que professamos. Viver a fé. Encarnar o amor. Praticar a Palavra de Deus. Voce já imaginou o que vai acontecer na vida política, econômica, social e religiosa, quando a nossa nação for guiada pelo Espírito Santo? “Feliz é a nação cujo Deus é o Senhor, e o povo que ele escolheu para a sua herança”. (Sl. 33:12). Davi praticava aquilo que pregava e o mesmo deveria fazer o crente em Cristo Jesus (I Pd. 2:9-17). O avivamento,  santo,  que vem de Deus, e não este arremedo doutrinário humano – espetaculoso-sensacionalista, é o que mexe com as estruturas pessoais, familiares, socias, econômicas e políticas quando estas são abaladas e transformadas.Avivamento pressupõe uma busca sincera da pleniitude do Espírito Santo. Significa igualmente, uma clara consciência de pecado, da justiça social e reforma moral e espiritua( Mq. 6:8; Na. 3:1-7; Ob. 10-15; Is. 1:3-9; 58:6-10; 2Co. 8:7-15; Atos 2:37-47).A busca da Plenitude significa um desejo manifesto de se dar todo o espaço, tempo,  e vez ao Espírito Santo em nossa vida diária (Rm. 8:12-17). Rev. Mario