ANA, MÃE DE ORAÇÃO

Nº 014 – BOLETIM DOMINICAL- 10 DE MAIO DE 2015

ANA, MÃE DE ORAÇÃO! – I Sm. 1:9-18

Hoje, comemoramos o Dia das mães. É com carinho, louvor e justiça que assim fazemos. Queremos homenageá-las com esta maravilhosa personagem bíblica, Ana. Sabemos que Deus sempre ouve as orações de uma mãe. Responde-as, segundo a sua vontade e no seu tempo. O tempo de Deus é o mais oportuno, a sua vontade é sempre a melhor. Mães, nada de ansiedade, nem mesmo pela conceição! Entreguem os seus filhos ao Senhor, confiem nele e o mais ele tudo fará. Lembrem-se, de Ana, mulher de Elcana, uma mãe de oração. Assim como Mônica, que orou por longos 23 anos, pela conversão de seu filho Agostinho. Como jamais ela desistiu, temos o “Santo” Agostinho, o Bispo de Ipona. Ser mãe é muito mais que um instinto natural, é antes, uma vocação. Há aquelas que querem ser mãe, e não podem; e as que podem, e não querem. Seja de Deus a vocação para ser mãe. É Deus quem nos dá a bênção da fertilidade. Uma fertilidade responsável, dentro do plano de Deus, dentro da sua bênção, do amor do casamento. É preciso ter estrutura física, condições biológicas e psicológicas para ser mãe, estrutura econômica, sim, é um privilégio e um ônus criar filhos para Deus (Sl. 127:4). finalmente, estrutura espiritual, uma mãe passa por quadros os mais delicados e difíceis. Ela precisa ser firme e terna, em todos os momentos. É difícil dizer quando é mais difícil ser mãe, se quando os filhos são pequenos ou se depois de grandes.  Ainda que se diga popularmente: “filhos criados, trabalhos dobrados”. Não sei. Há filhos criados que dão grandes alegrias e motivos de orgulho. Porém, não se pode generalizar. É importante ser mãe de oração, como Ana a Mãe de Samuel, que pode testemunhar: “por este menino orava eu; e o Senhor me concedeu a petição, que eu lhe fizera”. Peço a Deus que responda as suas orações de mãe, de acordo com a vontade do Senhor, dentro do seu plano e no seu tempo. Ana  personifica a mãe moderna temente, leal e fiel a Deus. Ana revela, compromisso, seriedade e gratidão ao Senhor. Fez voto e cumpriu. Ana, dedicou ao Senhor, seu filho Samuel ao serviço levítico vitalício, como profeta, sacerdote e juiz,  um nazireu por toda a sua vida. Feliz “Dia das Mães”, para todos os filhos e filhas. Rev. Mario Ramos

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com