A IMPLANTAÇÃO DEFINITIVA DO REINO

Nº  109  BOLETIM DOMINICAL- 23 DE JULHO DE 2017

A IMPLANTAÇÃO DEFINITIVA DO REINO – Atos 1: 1-11

Desejamos com esta Pastoral, concluir a série sobre o Reino de Deus. Vimos que Cristo é o Rei, dos reis; e, Venha o teu Reino. Hoje, o tema, nos revela como se estabelecerá o Reino de Deus. O advento significa a chegada do Messias, o nascimento, sua obra e sua missão, como inauguração do Reino de Deus. Enquanto o 2º advento, fala da Segunda Vinda de Cristo e da Implantação Definitiva do Reino de Deus na Terra e no Céu. Aliás, o Reino de Deus é cósmico. Vale dizer, são todos amplos e abrangentes: 1) A Criação Inteira é o Reino de Deus: Ele reina sobre tudo e sobre todos. Deus requer que todos os seus súditos O temem, O respeitem e O sirvam. Enquanto aos seus inimigos, Deus impõe o seu poder e a todos os submete e os julga; 2) A Nação Hebréia é o Reino de Deus: Os Salmos de entronização a presença do Deus Pai, Criador, refletem a identificação entre o Reino e Israel; entre os reis e Deus. Deus é visto, adorado e temido como o Rei de Israel, enquanto o rei, era aquele por Deus ungido para o governo Teocrático; 3) O Reino Messiânico: O governo de Deus e sua autoridade reconhecida pelo rei Davi, na monarquia, era uma transição do Reino em curso. Restava agora, ao povo e a mensagem dos Profetas de que viria um Rei-Messias e um Messias-Rei, para estabelecer uma ERA messiânica. Essas profecias messiânicas se cumpriram com a vinda de Cristo. Era o reino messiânico, que já chegou, mas não está ainda, plenamente implantado; 4) O Reino de Deus Indica Salvação, Domínio, Poder e Glória: O Reino de Deus abrange todas as coisas sobre as quais Deus, na Pessoa de Jesus Cristo, o Messias-Rei, exerce por seu tríplice ofício: Profeta, Sacerdote e Rei, poder e autoridade no céu, na terra e no mar; quer no mundo visível e invisível, quer sobre as vidas dos homens e dos seres celestiais. No Evangelho de João a expressão “Reino de Deus”, significa salvação, libertação, regeneração e vida eterna (Jo. 3:3-5,15-16); e 5) O Reino de Deus e a Igreja Cristã: A Igreja de Cristo é a semente, mas não necessariamente, o Reino de Deus. É na igreja de Jesus Cristo que encontramos todas as esperanças humanas de participação no Reino messiânico. A igreja tem por escopo implantar o Reino de Deus, mediante seu esforço missionário. Isso tem a ver com a transformação espiritual, social, econômica e política. A base desse Reino de Deus: Justiça, paz, alegria e amor. Rev. Mario Ramos