A FAMÍLIA MODERNA – I

Nº 135 – PASTORAL – 18 DE FEVEREIRO DE 2018
A FAMÍLIA MODERNA – I // Miquéias 7:1-7

O mundo mudou. A sua família vai bem? Se, por um lado, desfrutamos hoje do conforto e recursos advindos do progresso da humanidade, por outro lado, vivemos dias difíceis, dias que desafiam a família. A crise de paradígmas que caracteriza a pós-modernidade tem solapado os alicerces da família. A família cristã consciente da Palavra de Deus é atualizada e está à frente do seu tempo. O Profeta Miquéias denuncia nos seus dias uma situação mais perversa que a própria guerra em andamento: Denunciou a cobiça e a injustiça social; denunciou governantes insensíveis e corruptos, os chefes e os ricos das cidades de Jerusalém e Samaria, os quais estavam espoliando o povo. É a história que se repeti e por vezes com requites de maior perversidade. Hoje recai sobre a família entre outros males funestos: a inversão dos valores da família convencional, a falta de retidão, a exploração ao próximo, a violência, a negação dos direitos conquistados, a intolerância e o ódio, a insegurança jurídica do País, o arrocho salarial, e o aumento da desigualdade que se instalam na sociedade. Convive-se com as distorções reinante no processo civilizatório: Homofobia, misogenia, Xenofobia, Ideologia de sexo etc. Diante dessa força corrosiva da sociedade, Jesus tem a solução para as crises e para a família. Algumas atitudes: 1) A Família Precisa Ter Percepção do Tempo Presente: Os novos modelos de estruturação social e de comportamento têm desafiado a viabilidade da família segundo o modelo bíblico. É imprescindível o resgate da família convencional, apresentada na Bíblia. Fé em Deus, compromisso familiar, respeito aos pais e aos filhos; 2) A Esperança da Família está no Senhor: “Eu, porém, olharei para o Senhor; esperarei no Deus da minha salvação: o meu Deus me Ouvirá.” (v.7). Se a esperança estiver firmada em Deus, venceremos as investidas destruidoras; e 3) O Senhor Tem Uma Aliança Com a Família: Quando chamou a Abrão, Deus firmou com ele um concerto, dizendo: “ de ti farei uma grande nação, e te abençoarei, e te engrandecerei o nome. Sê tu uma bênção!…em ti serão bendita todas as famílias da terra”. (Gn. 12: 2-3). Confiemos em Deus. Rev. Mario Ramos

Rev. Mario