A CURA INTEGRAL: FÍSICA, EMOCIONAL E ESPIRITUAL

Nº 45 – BOLETIM DOMINICAL- 13 DE MARÇO DE 2016

A CURA INTEGRAL: FÍSICA, EMOCIONAL E ESPIRITUAL

Tiago 5: 12-20

A Tese da cura divina pela oração e pela fé, tendo como resposta a graça de Deus, sem a necessária mediação de remédios, cirurgias e outros tratamentos, pressupõe que aquela enfermidade ou doença seja decorrente de pecado não confessado.  A causa é o pecado, o resultado ou a consequência é a enfermidade. Cessada a causa, cessam os efeitos. Outro aspécto delicado é atribuir toda e qualquer enfermidade, doença ou revez na vida, ao pecado e ao Diabo. A Tese de Tiago 5:12-20, é a da cura pela oração da fé. Mas, nada impede o uso de medicamentos. Tiago fala da Unção com óleo. O óleo pode ser visto como simbolizando o Espírito Santos, e como medicamento. Neste caso o óleo era associado à oração da fé para a cura. Há evidências de que com o tempo, o óleo da unção dos enfermos que era para a cura, começou a desaparecer, pois,  que muitos enfermos graves eram ungidos com  o óleo e morriam a seguir. A Igreja Histórica guardou o óleo e foi se pe perdendo a prática da unção. Assim o óleo da unção dos enfermos para a cura, se transformou em oléo da extrema-unção, o que é um Sacramento da Igreja Católica Romana. É tido como uma espécie de preparo do doente grave para a morte. Quanto ao “curandeirismo” e ao “Charlatanismo”, nada tem em a ver com a prática da Tese de Tiago, e jamais tal “espetáculo espiritual”, “show da fé”, ou “sessão Espiritual” jamais fora praticado pela Igreja dos Apóstolos e muito menos, por Jesus em seu ministério. Aliás, o curandeirismo e o charlatanismo é crime contra a saúde pública, previsto no Código Penal Brasileiro em seus Arts. 283 e 284. Este crime é agravado quando envolve qualquer espécie de pagamento. Porém, a Cura Física, emocional e espiritual, tem sido hiper-valorizada nos nossos dias. Esta prática tem sido a base ministerial de algumas igrejas. Mas, ela é apenas um aspécto da Cura Integral. Curado só do corpo pode continuar doente das emoções e da vida espiritual. Mais ainda, curado só do corpo volta a adoecer e morre. Mas quem é curado física, emocional e espiritualmente em Jesus Cristo tem a vida eterna.

Rev. Mario Ramos