154 ANOS DE PRESBITERIANISMO NO BRASIL

BOLETIM DOMINICAL- 11 DE AGOSTO DE 2013

154 ANOS DE PRESBITERIANISMO NO BRASIL – 2ª João 1:1-13

Estamos comemorando no dia 12/08, 154 anos de anúncio do Evangelho e da Fé Cristã Reformada. É importante ter uma consciência clara da sua identidade e objetivos. A identidade tem a ver com as raízes, a história, os fundamentos, as características distintivas. Os objetivos são uma decorrência disso: à luz das raízes, da identidade, das convicções básicas, serão traçados os alvos, as prioridades, as maneiras de ser e viver no mundo. Isto se aplica perfeitamente a nós presbiterianos. Somos legítimos herdeiros da Reforma Protestante ocorrida no Séc. XVI, pelo viés Calvinista, João Calvino (1509-1564). O calvinismo é o sistema de teologia elaborado pelo mais articulado e profundo dentre os reformadores, João Calvino. O termo presbiteriano foi adotado pelos reformados nas Ilhas Britânicas (Escócia, Inglaterra e Irlanda), por Jhon Knox (1514-1572). Expansão na Europa Continental –  A partir da Suíça, o calvinismo difundiu-se na França, no vale do Reno (da Alemanha até a Holanda), na Europa Oriental (Boêmia, Polônia, Hungria), e nas Ilhas Britânicas (Escócia, Inglaterra e Irlanda). As perseguições religiosas, particularmente na França, Itália e Países Baixos, também contribuíram para que a fé reformada fosse levada para outras partes da Europa. Na Inglaterra, o parlamento puritano convocou a Assembléia de Westminster (1643-1649), que produziu os “padrões presbiterianos” de culto, forma de governo e doutrina (Confissão de Fé e Catecismos). O Presbiterianismo no Brasil. Antes da chegada do pioneiro Rev. Ashbel Green Simonton, alguns grupos e indivíduos reformados estiveram no Brasil. Os Franceses (1555-1567). Chegaram à Baía da Guanabara, em 10 de março de 1557. Esses reformados celebraram no Rio, o primeiro culto evangélico do Brasil e talvez das Américas. Teve o apoio do almirante huguenote Gaspard de Coligny, que seria morto entre mais de 100 mil, no massacre do “Dia de São Bartolomeu” (24-08-1572). Os holandeses (1630-1654),  o maior líder do Brasil holandês foi o príncipe João Maurício de Nassau-Siegen, que governou o nordeste de 1637 a 1644. Os americanos (1859-1867). À implantação em definitivo da Igreja Presbiteriana do Brasil, com o pioneirismo e desprendimento do Rev. Ashbel Green Simonton. Atualmente, existem no Brasil várias denominações de origem reformada ou calvinista. Somos mais de 1.500 milhões de presbiterianos. Mais de 6 mil Igrejas e Congregações e pastores. São mais de 08 hospitais. Milhares de Escolas de ensino Fundamental e Ensino Médio. Várias creches e orfanatos. Vários Seminários. A Faculdade Mackenzie em S. Paulo, etc.Rev. Mario Ramos