153 ANOS DE PRESBITERIANISMO BRASILEIRO

BOLETIM DOMINICAL – 12 DE AGOSTO DE 2012

153 ANOS DE PRESBITERIANISMO BRASILEIRO – PARABÉNS!

Foi no dia 12 de Agosto, que o nosso Miss. Rev. Ashbel Green Simonton, um dos pioneiros e um visionário na vida da recém-criada denominação reformada e calvinista no Brasil Império, em 1859. Devemos nos lembrar por medida de justiça e a bem da verdade, que a implantação definitiva de nossa igreja desta feita, deveu-se em parte, a uma história de cunho pretérito, nas duas tentativas anteriores, como sendo estas, as raízes profundas de nossa linda, comovente e abençoada  história. A 1ª tentativa, no Rio de Janeiro (1555/1560), com os franceses; a 2ª tentativa, em Pernambuco e na Paraíba, com os holandeses (1630/1654), com Mauricio de Nassau. A implatação da fé reformada, deu-se através do protestantismo de Missão, com os três antecedentes históricos acima mencionados. 1- A Presença dos Huguenotes no Rio, na Ilha de Villegagnon, em 10/10/1555-1560, com destaques para: O 1º culto com Ceia, no Brasil e nas Américas, aconteceu no domingo, 21/03/1557; nesta data chegaram os Pastores calvinistas, Rev. Pierre Richier e Rev. Guilhaume Chartier, além de 14 famílias de crentes Huguenotes; 2º A “Confessio Fluminense” de 09/02/1558, é uma Confissão de Fé pela forma e conteúdo, conhecida tambem por nome de Confissão dos Mártires da Guanabara (Jean de Bourdel, Matthieu Verneuil, Pierre Bourdan e André de La Font) Estes semearam as primeiras sementes do Evangelho regados com o sangue; 2- A Presença Dos Reformadores Holandeses no Nordeste com o Príncipe Maurício de Nassau em 1630/1654). Os invasores colonizadores, do Brasil-Holandês, desenvolveram escolas, comércio, templos católicos foram adaptados para servir a igreja organizada. As imagens e estátuas eram retiradas. Ensinava-se o Catecismo de Heildeberg e a Confissão de Fé Belga, por serem fiéis à tradição roformada. Havia a pregação da Palavra e a ministração da Ceia e do Batismo. Porém, foram expulsos e alguns martirizados. 3- Finalmente, a Expansão Missionária da América do Norte, com Simonton, 12/08/1859, No Rio de Janeiro. Aqui, o Rev. Simonton aprendeu a falar e a escrever em português; Recebeu 80 pessoas por Profissão de Fé e Batismo, Organizou a 1ª igreja igreja no Brasil, 12/01/1862 – a Catedral Presbiteriana do Rio, Organizou a 1ª Escola Confessional – hoje a Universidade Mackenzie, Fundou o 1º Jornal Evangélico no Brasil, a 1ª Imprensa Evangélica no Brasil, Organizou o 1º Presbitério 16/12/1865, Fundou o 1º Seminário Teológico do Brasil 14/05/1867, escreveu vários sermões, artigos, folhetos e parte de um comentário do Evangelho de Mateus. Ordenou o 1º Pastor brasileiro, o ex-padre José Manoel da Conceição. Parabéns!  Rev. Mario Ramos